Tiro no rosto disparado por namorado mata adolescente em Blumenau

Homem de 23 anos se entregou à polícia e afirma que tirou foi acidental.

Uma adolescente de 16 anos foi encontrada morta com um tiro no rosto na manhã desta quinta-feira (24) em Blumenau, no Vale do Itajaí, informou a Polícia Civil. O namorado dela, de 23 anos, se entregou à polícia e disse que o tiro foi acidental. Ele foi preso em flagrante.

A Polícia Militar foi chamada por volta das 11h45 a uma casa no bairro Itoupavazinha. No local, onde mora o suspeito, a adolescente, Érica Pereira, já estava morta.

O namorado dela se apresentou na Central de Plantão Policial às 12h, conforme o delegado Douglas Teixeira, e disse que havia matado a namorada. Ele não estava com a arma do crime, uma espingarda.

A Polícia Civil foi até a casa dele e encontrou o corpo. A arma não estava no local. “Ele disse que tinha largado no meio de uma vegetação. Disse que foi um tiro acidental, que eles costumavam brincar de apontar a arma um para o outro”, relatou o delegado.

Em seguida, os policiais foram até o local indicado pelo suspeito, mas não encontraram a espingarda. Na região, um parente dele disse à polícia que ele a entregou a outro rapaz.

Tráfico de drogas

Na casa do suspeito, o delegado encontrou porções de maconha embaladas para vender. Ele confessou que vendia a droga, conforme Teixeira.

O suspeito foi, então, levado novamente à Central de Plantão Policial e preso em flagrante pelo homicídio, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

O casal namorava havia três meses. Em depoimento na delegacia, ele voltou a dizer que o tiro foi acidental e, em seguida, ficou em silêncio, conforme Teixeira. Nesta sexta (25), ele deve passar por audiência de custódia.

O homem já tinha antecedentes criminais por posse ilegal de arma de fogo. A adolescente não tinha antecedentes, de acordo com o delegado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.