Mulher morre após salvar filho de afogamento em rio no Sul do estado

Jovem de 25 anos foi encontrada duas horas depois

Daniela Angélica Laurindo, de 25 anos, morreu na tarde deste domingo, 13, ao tentar salvar seu filho de seis anos de um afogamento em um rio na localidade Boca do Pique, bairro Sapiranga, município de Meleiro, Sul catarinense.

Equipes de socorro do Samu de Meleiro e Corpo de Bombeiros dos municípios de Turvo e Araranguá foram acionados por volta das 18h10, para tentar salvar Daniela, que estava então desaparecida no rio.

A jovem, sem saber nadar, conseguiu salvar a criança, mas submergiu e foi levada pela correnteza. Ela foi encontrada a um quilômetro de onde desapareceu, duas horas depois, já sem vida.

O filho de Daniela foi encaminhado ao hospital. Um sobrinho de sete anos, que também caiu na água, foi atendido pelo Samu.

Casos semelhantes
Carlos Hermans, de 52 anos, morador de Tijucas, morreu no mar em Bombinhas, na manhã deste sábado, 12. Ele tentou salvar seus dois filhos, que estavam se afogando. Eles foram salvos pelos bombeiros, mas o pai não resistiu.

Em 18 de outubro de 2018, Maria Conceição Pinto, 40 anos, morreu junto de seu filho Francisco Lanin Pinto ao tentar salvá-lo de um afogamento em Rio Negrinho, no Planalto Norte de Santa Catarina.

Fonte: O Município

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.