O melhor Site de Notícias de Indaial

Parte do dinheiro levado do assalto a banco desta terça-feira (13) em Apiúna, no Médio Vale do Itajaí, foi recuperado em uma operação das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal que começou logo após a ação dos criminosos.

Ao menos R$ 208 mil já foram apreendidos, porém esse valor será ainda maior. Isso porque os investigadores conseguiram recuperar também cinco cassetes — que são uma “caixa” onde fica o dinheiro dos caixas eletrônicos.

Esses dispositivos, como é possível ver na foto acima, estão intactos, o que indica que todas as cédulas estão dentro. De acordo com fontes da reportagem ligadas à Polícia Civil, o gerente do banco não soube informar qual valor havia em cada um desses cassetes.

Como foi a ação

A operação para recuperar parte do dinheiro levado do assalto começou minutos após o crime, conforme a polícia. Isso porque os investigadores receberam a informação de que um dos suspeitos teria se deslocado a uma localidade chamada de Ribeirão Carvalho, a cerca de 9 quilômetros do Centro de Apiúna.

No local foi abordado e preso um homem que estava com diversos objetos suspeitos, como celulares, balaclava, mochila, luva. Logo na sequência, os policiais se deslocaram para outro imóvel, na mesma região, onde foram encontrados outros itens utilizados no assalto ao banco:

mochilas com dinheiro, cédulas, gavetas de caixas eletrônicos, coletes balísticos, roupas e botas.

Neste imóvel, de acordo com o relato das polícias, os investigadores receberam outra informação: a de que criminosos teriam fugido pela região de mata. Ao mesmo tempo, outra equipe localizou na Rua Florianópolis, uma via paralela à BR-470, uma mulher que se identificou como companheira de um dos autores do assalto. Lá, a polícia encontrou bananas de dinamite, um revólver calibre .38 e outros objetos. Tudo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Ascurra.

O trabalho conjunto das polícias segue durante esta quarta-feira (18), com o objetivo de capturar outros envolvidos no crime. Até agora, uma pessoa foi presa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.